Não deixe o comportamento do outro interferir no seu

Updated: Apr 20


Como disse Dalai Lama; " Não deixe que o comportamento do outro tire sua paz". Muitas vezes durante a vida todos passamos por inumeras sitações que nos fazem sentir se desanimados, sem esperança e muitas vezes sem mais votade de continuar nossa jornada. Grande parte destas situações estão relacionadas com pessoas a nossa volta, sejam elas apenas amigos ou até alguem com o qual nos relacionamos emocionalmente ou no dia a dia.

Aqueles com o qual convivemos em relações de amizade, podem em algum momento nos trazer a tona coisas que não queremos, sejam por palavras ou atitudes pelo qual nunca esperamos. Nas relações amorosas nossos sentimentos estão extremamente a deriva de altos e baixos e muitas vezes nos impedem de olhar para si prórpios e ver o quanto temos, ou não, controle do que sentimos. Uma chamada de atenção de um superior nos traz sentimentos de derrota e fracasso, acreditando que o pior irá acotecer seja por uma advertência ou até mesmo um desligamento, afetando nosso progresso nos dias a seguir.

Em todas as situações citadas nossos sentimentos são modificados pelas influências que outras pessoas possuem em nossas vidas. Vale a pena parar para refletir, o por que o comportamento do outro interfere tanto em como nos sentimos. Através de uma visão comportamental, é compreendido atraves de uma linguagem mais acessível, que o outro, aquele que nos faz sentirmos mal é considerado como ambiente, ou seja, o que modifica nosso comportamento. Ao sermos expostos a um ambiente hostil, somos automaticamente modifcados pelo seu comportamento e consequentemente modificando a nós mesmos e a forma como nos sentimos.

Desta forma, devemos parar por um momento e refletir. Através de uma forma mais racional, obseva se claramente que somos modificados pelo ambiente, porém o comportamento do outro ao qual não temos contole, mesmo modificando nosso comportamento, não nos faz estarmos 100% a deriva do comortamento do outro, ou seja, o controle ainda é nosso. Não é sugerido aqui que não é permitido sentir frustrações, angústias e sentimentos de tristeza, porém, é sugerido que o que devemos fazer com o comportamento do outro para conosco, depende de nós, pois a forma com que nos sentimos nada mais é que mais um comportamento, mesmo que seja algo não exteriorizado, se refletirmos nessa questão nossas vidas podem ser menos estressantes e mais flexiveis com aquele que deve ser o mais importante em nossas vidas, nós mesmos. Conclui se que o comportamento alhieo apesar de modificar o nosso, não deva ser motivo para nos sentirmos de alguma forma para baixo ou desanimados, pois nossa resposta (comportamento) e como vamos lidar com isso depende apenas de cada indivíduo em si.

#saúde #saúdenotrabalho #mundo #psicologia #portuguese

0 views
Contact
  • Facebook
  • LinkedIn
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now